A Encargada de Negócios a.i., Nadiuzka Ramos da Embaixada de Panamá em Brasil agradece a visita de la Prof.ª Dr.ª Noêmia de Sousa Chaves, Professora da Faculdade UNIRON -PVH e Faculdade São Lucas – PVH, as quais tiveram a oportunidades de conversar sobre a importância da Diplomacia Científica como marca essencial do diálogo entre as nações. Isso conduz a compreensão de que as Relações Internacionais alargam fronteiras e aproximam pessoas.

A Professora Doutora Noêmia Chaves quem participou do XIII Encontro de Bioética promovido pela Sociedade Brasileira de Bioética – SBB na PUC-GO entre 15 e 18 de outubro de 2019, destacou “que o caráter democrático e inclusivo tornam-se fundamentais para melhorar as condições de receptividade de nações cujo o objetivo é melhorar as relações entre as pessoas, nesse sentido a pesquisa sobre Bioética e Humanização além de levantar questões cadentes à realidade brasileira também estimula o diálogo internacional, aqui de modo específico com o Panamá, a fim de compreendermos que as condições de acolhimento cordial ao estrangeiro já é um primeiro fator impactante em sua saúde.”

Como resultado do diálogo concluíram que o caráter diplomático, então, nos exige que pensemos estratégias científicas conjuntas e compartilhadas a fim de que a mobilidade das fronteiras e a aproximação dos povos não seja apenas relevado em seu aspecto político, mas sobretudo humano, perspectivando que a ciência é uma ferramenta estratégica das mais importantes para esse fim, posto que se esta tem a necessidade de envolver diversos aspectos sociais, ambientais e culturais essa mesma ciência deve, também, se voltar para os diversos atores que compõem a complexa malha social humana.

A Professora Doutora Noêmia Chaves ainda agradeceu pela possibilidade do gentil encontro entre o Brasil e o Panamá.